Histórias de sucesso

Histórias de sucesso #26: Pedro Henrique Guarda Dias – TJGO

Olá pessoal!

O histórias de sucesso de hoje é com Pedro Guarda, aprovado no TJGO!

Ele gentilmente nos concedeu a entrevista que segue:

Nome: Pedro Henrique Guarda Dias       

Data de nascimento: 01/12/1987

Naturalidade: Brasília/DF

Concurso(s) para magistratura qual(is) foi aprovado:

R: Tribunal de Justiça de Goiás

Outros concursos em que foi aprovado:

R: Técnico TJBA e Analista TJDFT

Período de estudos até a primeira aprovação em concursos de magistratura:

R: 2 anos e 4 meses

Trabalhou durante os estudos? Cargo?

R: Durante os estudos pegava algumas causas para contar a prática, era professor de inglês na Wizard no período noturno e assessor de juiz no TJBA.

Tempo médio de estudos diário:

R: 6 horas líquidas

Quantas matérias diferentes lia por dia? E em uma semana?

R: Por dia lia duas matérias. Tentava estudar um pouco de cada matéria toda semana. Começava todo dia lendo os informativos do dizer o direito.

Estudava sábados/domingos/feriados?

R: Estudava sábados e tirava os domingos para descanso. A mesma rotina valia para feriados.

Utiliza grupos de facebook/whatsapp para estudar? Acredita que valha a pena?

R: Utilizava grupos de whatsapp e acredito que contou muito para a aprovação, principalmente pela troca de materiais e esclarecimento de dúvidas.

Fazia resumos/cadernos ou utilizava algum feito por outras pessoas?

R: Tinha um caderno do LFG que atualizei quando fiz o intensivo anual. Imprimi todos os cadernos e lia com frequência.

Com qual frequência fazia exercícios para prova objetiva?

R: Toda semana fazia uma prova de concurso realizada. Não gostava de fazer questões esparsas pelo site questões de concurso. Preferia simular as provas para ver se conseguiria ir para a segunda etapa.

Com qual frequência lia “lei seca”?

R: Toda semana. Meu estudo variava entre informativos, lei seca e doutrina (resumos e aprofundava em assuntos específicos em doutrinas mais pesadas).

Com qual frequência lia jurisprudência? Lia diretamente dos sites dos Tribunais Superiores ou através de outros sites (como dizer o direito ou EBEJI)?

R: Começava todos os dias com a leitura do dizer o direito para esquentar a memória. Acredito que como há uma linguagem clara e com diversos assuntos, já começava mais atento do que já encarar um assunto determinado.

Indicaria algum curso online com foco em magistratura/carreiras jurídicas?  Indicaria algum curso de oratória para a fase oral?

R: Fiz emagis por 6 meses. Acho a variedade de sentenças muito boa. Fiz CPIuris para a segunda fase de Pernambuco e FC3 para a segunda fase de Goiás. Indico os dois cursos, foram muito bons. Para a prova oral indico Rogéria Guida e FC3, este último simulou exatamente o dia da prova.

Indica algum método diferenciado de estudos para alguma das fases (objetiva/discursiva/sentenças/oral)?

R: Para as provas de sentença sugiro um grupo de estudo com a elaboração de sentenças pelos membros e correções mútuas. Para a prova oral, muito estudo, foi a fase que mais estudei. Treinava pelo Skype com colegas 3, 4 vezes por semana e isso me deixou bem mais seguro para qualquer tipo de pergunta que pudessem me fazr.

Estudava a banca/examinadores responsável pela elaboração das provas da segunda fase em diante?

R: Sim. Como Goiás era banca própria, os candidatos se dividiram e pesquisaram a jurisprudência dos examinadores. Foi de grande valia.

Se o tribunal é responsável pela elaboração das sentenças e tem um posicionamento diverso do pacificado nos Tribunais Superiores, adotaria qual posicionamento?

R: Se a posição em Tribunais Superiores era majoritária eu não arriscaria inovar, porque teria uma brecha para recurso em caso de reprovação.

                                              

                                                            BIBLIOGRAFIA

Quais livros/autores ou cursos/cadernos indicaria para os estudos nas matérias abaixo (se possível, especificar o professor de cada matéria nos cadernos/cursos):

Direito Administrativo: Curso de Direito Administrativo – José dos Santos Carvalho Filho (mais completo) e caderno de administrativo da Marinela. Sinopse da Juspodium também traz coisas diferentes e fáceis de serem memorizadas.

Direito Ambiental: Sinopse da Saberes do Direito

Direito Civil: Caderno Pablo Stolze, Coleção Carlos Roberto Gonçalves e Zinopses da juspodium.

Direito Constitucional: Caderno do Novelino e Pedro Lenza Esquematizado.

Direito do Consumidor: Sinopse do saberes do direito e da juspodium.

Direito do Eleitoral: Muita lei seca e sinopse do saberes do direito.

Direito Empresarial: Muita lei seca e caderno do lfg.

Direito da Criança e do Adolescente: Lei seca.

Direito Penal – Parte Geral: Caderno do Rogério Sanches, Manual do Rogério Sanches e sinopse da juspodium (uma das sinopses mais completas da coleção)

Direito Penal – Parte Especial do Código Penal: Caderno do Rogério Sanches, Nucci, Bittencourt e sinopse.

Direito Penal – Legislação extravagante:  li vários cadernos e resumos diferentes, muito importante a leitura da lei seca, costumam cobrar coisas muito específicas

Direito Processual Civil: Caderno do Fredie Didier e Humberto Theodoro Junior

Direito Processual Penal: Caderno do Renato Brasileiro e Sinopses da juspodium

Direito Tributário: Caderno Eduardo Sabbag e Ricardo Alexandre esquematizado.

Humanística: Vade Mecum Humanístico e muitos cadernos diferentes.

Sentença Cível:  Redigindo a senteça cível – Elpídio Donizetti

Sentença Penal: Sentença Penal Condenatória – Ricardo Augusto Schmitt

É isso! Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s