dicas para concurso

Opinião – Revisões: elas são obrigatórias para alcançar a aprovação?

Boa tarde, pessoal!!

Após o storie de ontem, recebi uma enxurrada de perguntas sobre revisão! Então fiz esse tópico.

A pesquisa com aprovados pode surpreender muita gente, mas dos 44 aprovados que responderam a pesquisa depois da inserção dessa questão no formulário, 29 NÃO utilizavam esse método de revisões, enquanto outras 15 usavam.

Desse modo tiramos uma conclusão óbvia: revisão nos moldes propostos por vários coachings e professores (ler a matéria, reler no dia seguinte e depois reler novamente no tempo “X”) NÃO é um método de estudo obrigatório para a sua aprovação! Muitas pessoas passam sem fazer isso, outras tantas passam fazendo!

Você que tem que saber se esse método é ou não bom para você, de acordo com seu tempo e dificuldade de fixação! Ademais, em que pese ser apontado como uma forma de melhor fixação, certamente faz com que você demore um tempo maior para “rodar” toda a matéria!

Eu sou contra esse método pela sensação de estagnação que dá ao candidato (principalmente para as pessoas que possuem pouco tempo diário disponível para estudar), além da lentidão em concluir o estudo integral da matéria.

Eu NÃO revisava (nem com 24 horas, nem 7 dias, nem nada)! Eu fazia um estudo cíclico: iniciava a matéria e, quando a encerrava, retornava ao início. Sem revisões, obviamente fazia isso muito mais rápido do que quem faz! Ademais, os exercícios feitos de forma aleatória dentro da matéria (como eu fazia – invés de exercícios relacionados aos temas lidos no dia), são uma excelente forma de você relembrar assuntos que não estudou há algum tempo.

O que eu e outros aprovados que não eram adeptos de revisão fazíamos era reservar os dias pré-prova (entre 15 e 45 dias) para ler a lei seca, jurisprudência e grifos!

É o que sempre friso pessoal: NÃO EXISTE MÉTODO MÁGICO! Você que tem que saber se esse método é ou não bom para você, de acordo com seu tempo e dificuldade de fixação! Se for bom, faça! Se não, não faça!

Apenas concluo que: revisão não é, não foi e nunca será obrigatório a sua aprovação! É apenas mais um método de estudo que funciona para alguns e não funciona para outros, como todos os demais.

Abraço!

Anúncios

4 comentários em “Opinião – Revisões: elas são obrigatórias para alcançar a aprovação?”

  1. Fico feliz em saber que não estou ficando louca. Tentei fazer esse método e achei um horror. Fiquei com a sensação que funcionaria se fosse pouca matéria, mas isso não existe em concurso público, muito menos jurídico.

    Curtir

  2. Eu fiquei mais ou menos por um ano seguindo à risca a planilha do Fayadneto com essas revisões: 24hrs, 7, 15, 30, 1 mês…até 6 meses….porém, eu não leio muito rápido, daí quando casavam as revisões de várias matérias era a treva….já cheguei a ficar quase 2 meses só nas revisões e estacionei no tempo. Resolvi tirar algumas revisões e seguir com a matéria. Quando tenho alguma dúvida, volto no assunto e provavelmente terá um post it na página.

    Curtir

  3. Depende do que se entende como revisão… existem vários métodos. A pessoa pode revisar a matéria que estudou na semana ou a matéria que estudou no mês apesar olhando palavras chaves. Revisar não é ler tudo de novo… geralmente é um método que faça vc relembrar rapidamente o que foi visto, dar uma “acordada” no cérebro quanto aquele conteúdo. É claro que tem pessoas que possuem mais facilidade de memorizar e talvez não precisem revisar. Eu acho que vale a pena tentar e ver o resultado, sem levar como algo obrigatório mas como mais uma opção.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s